sexta-feira, 28 de agosto de 2009

Poema para ninar Nica

Por Enio Moraes Júnior. Com carinho, para Enny
Imagem: Arquivo pessoal














Quando você menos esperar
Quando a noite esfriar teus pés,
O vento incomodar
A tua lua volta. Ela sempre volta
Ela vai voltar

Tua lua é Virgem, irmã
A outra não importa onde está
Tua lua é vertigem, é sã
Mas o mar que é teu e de Iemanjá
Sempre haverá

Tua lua é teu olhar
O olhar dos olhos da Nica
A desejar
A esperar ‘drinque-tragando’ soslaiamente
A lua que vem pra ficar

Deita-te na tua virgem lua
Sonha teu sonho lunar
Deixa essa moça tão doce
Deixa, Nica
A lua te ninar

4 comentários:

  1. Que lindo, Enio... Enny merece esse carinho...

    ResponderExcluir
  2. Olá professor,obrigada pela visita e as palavras de carinho ao meu blog.
    Isso tudo é mérito seu, muito Obrigada, pelo incentivo e paciência a me corrigir nos erros de concordância, lembra?rsrsrsrs.....

    Beijos!!

    ResponderExcluir
  3. Enio, que lindo!!! Gostei muito muito. Uma hora dessas vou te mostrar uns rabiscos tb, aos quais me atrevo vez ou outra. Beijos!!
    Nancy

    ResponderExcluir